Na estreia do Campeonato Pernambucano de 2000, o Santa Cruz vencia o Central jogando nos Aflitos por 2x0.

Ouça o 2º gol marcado por Betinho:

Rádio Clube AM de Pernambuco
Narração: Roberto Queiroz
Repórter de Campo: Wellington Araújo

Jornal do Commércio:

por JOÃO THIAGO

Pelo menos na estréia do Estadual, o Santa Cruz tranqüilizou sua torcida. Nos Aflitos, ontem, derrotou o Central por 2x0 e ficou na liderança do campeonato, ao lado dos arqui-rivais Sport e Náutico.

Os titulares tricolores apresentaram um nível técnico superior ao que a equipe havia mostrado na Copa do Nordeste. Mesmo assim, a maior movimentação dos atletas não se refletia em objetividade na criação de jogadas. O resultado agradou mais pelo placar do que por um futebol de qualidade.

Do lado caruaruense, os jogadores mostravam em campo a filosofia de seu treinador. Zé do Carmo armou uma boa marcação causando dificuldades aos corais nas jogadas no meio-de-campo. Algumas vezes, os alvinegros até abusaram das faltas para conter o ataque do Santa.

Com a bola rolando, passaram-se dez minutos com os dois times se estudando até que uma jogada de ataque fosse criada.

Aproveitando uma lambança na defesa centralina, Sérgio Alves cabeceou, mas o goleiro Luciano fez defesa. Só aos 22, a torcida se levantou novamente. Wellington Thomás mandou uma bomba, da intermediária, sem o destino do gol.

Nove minutos depois, veio o primeiro gol. Após Marcelinho lançar, quase do meio-de-campo, Arley chutou rasteiro no canto direito. Santa Cruz 1x0.

O Central respondeu logo em seguida. Aos 33, Igor Reis chutou forte, mas Nílson defendeu com segurança.

O segundo tempo começou com as equipes procurando mais o gol. Em um contra-ataque, aos 7 minutos, Sérgio Alves recebeu passe de Betinho e, de bicicleta, mandou na trave. A torcida delirava e sentia o segundo gol amadurecer com o entrosamento da linha de frente tricolor.

Aos 14, Betinho acertou um violento chute da entrada da área, no ângulo: Santa Cruz 2x0. Daí até o fim houve o Central buscou fazer seu ponto de honra, enquanto os tricolores tentavam ampliar o placar.

Infiltrado na defesa coral, Igor Reis quase marcou, aos 36, mas a trave salvou o Santa.

TRAPALHADA – A partida entre os juniores de Santa e Central deveria ser realizada ontem, no Arruda, mas o campo estava sem marcações já que o gramado passa por reformas. O árbitro chegou ao Estádio e não permitiu a realização do jogo, que foi remarcado para amanhã, no Estádio Luís Lacerda, em Caruaru.

O campo do Santa Cruz será liberado no dia 17 deste mês, quando o time profissional fará partida comemorativa de reinauguração. O adversário será o Goiás ou o Vasco.
Lembranças do jogo:

0 comentários :