Os melhores momentos do jogo

Escudo do extinto Recife Futebol Clube.


por DANIEL OLIVEIRA
Especial para o JC

Na estréia do técnico Levi Gomes, o Recife mostrou que começa a crescer. O time dominou o jogo, mas não soube transformar o seu domínio em gols. No primeiro tempo o ataque recifense perdeu várias oportunidades e fez o Santa Cruz ficar acuado na defesa. Foram 45 minutos de pressão, mesmo assim, o gol não saiu.

"No segundo tempo, o Santa Cruz voltou mais determinado, procurando o ataque. Assim, aos 13 minutos, num bom aproveitamento, Marquinhos entrou na área e bateu sem defesa para o goleiro Ricardo: 1x0.

O Recife não se entregou e reagiu. O técnico Levi Gomes tirou Lau e colocou Isaías, trocando também Djalma por Paiakan. Com isso, o time ganhou mais força ofensiva. Aos 34 minutos, numa cobrança de escanteio, o zagueiro Nunes, livre de marcação, cabeceou para empatar: 1x1.

Após o empate a torcida tricolor começou aos poucos a deixar o estádio. Mas o Santa ainda mostrou uma reação, indo todo ao ataque. O Recife, no contragolpe, esteve mais perto da vitória. Houve uma grande defesa de Marcos Garça e uma bola na trave chutada por Paiakan.

O detalhe da partida foi o incentivo dos torcedores de Timbaúba. Foi até agora o maior público - 5.686 - nos jogos no Ferreira Lima.

OBS: A equipe do Recife Futebol Clube, assumiu este nome em 1997 e ficou até 2004, quando foi modificado para Manchete Futebol Clube, que disputou o seu último campeonato em 2007 (2ª divisão). Hoje em dia não se tem mais informação se este time ainda existe. Lembrando outros nomes desta equipe: Manchete Futebol Clube --> Recife Futebol Clube --> Associação Atlética Casa Caiada --> Associação Atlética Santo Amaro e Associação Atlética das Vovozinhas.
Lembranças do jogo:

0 comentários :