Jogo válido pela 2ª rodada da 2ª fase do Campeonato Brasileiro da série B de 2005.


Jogando em casa o Tricolor do Arruda atropelava mais um.


Os goleadores do jogo: Carlinhos Bala, Paulinho e Rosembrick

Os gols da partida


1º gol Carlinhos Bala - Narração: Adílson Couto / Rádio Jornal


2º gol Paulinho - Narração: Adílson Couto / Rádio Jornal


3º gol Rosembrick - Narração: Adílson Couto / Rádio Jornal



Resenha do Jogo:
Jornal do Commércio

A torcida coral, responsável por ter colocado o maior público em jogos da Série B (40.169 pessoas), até o momento, dormiu encantada, ontem. O Santa Cruz fez um jogo objetivo, no Arruda, e massacrou, por 3x0, o Santo André-SP, dando um passo enorme para se classificar às finais da competição. Com os gols de Carlinhos Bala, Paulinho – o primeiro dele no certame – e Rosembrik, o clube somou seis pontos, e lidera o Grupo A, ao lado do Grêmio-RS, que perde no saldo de gols (5x3). Avaí-SC e Santo André ainda não marcaram pontos e estão na lanterna da chave.

Os tricolores voltam a atuar na Série B do Nacional, na próxima sexta-feira, no estádio Olímpico, contra o Grêmio. 

Em apenas dois momentos da etapa inicial, o Santa Cruz fez lembrar o time rápido e temido da Série B. No primeiro, aos 23 minutos, Paulinho acionou Carlinhos Bala. Ele penetrou na área e, com calma, tocou na saída do goleiro Júlio César: 1x0. No outro lance, Leonardo achou Carlinhos na direita, que chutou forte. Dessa vez, Júlio César espalmou.

Antes e depois desses lances, o Santa aceitou a marcação do time paulista. Não colocava velocidade nas jogadas, principalmente pela lentidão de Rosembrik, Leonardo e Carlinhos Bala. O Santo André fazia uma partida morna, mas era perigoso. Não fosse uma defesa monumental de Cléber, aos 45, depois de um chute de Rodrigão, a etapa terminaria empatada.

Na volta do intervalo, Carlinhos Bala resolveu mudar a história do jogo. Com velocidade, ele enlouqueceu a defesa adversária. Os laterais Osmar e Peris se soltaram mais. Logo aos 35 segundos, Carlinhos tirou três jogadores do lance, tocou para Rosembrik e recebeu de volta. Ele encontrou Paulinho na área, que fez 2x0. 

Aos 28, Cléber tirou mais uma bola incrível, após a cabeçada de Sandro Gaúcho. Quatro minutos depois, Rosembrik fez uma jogada de gênio. Partiu do meio-de-campo, driblou quem viu pela frente, entrou na área, e arrematou com o pé direito, que não é o dele: 3x0.


FICHA DO JOGO

Santa Cruz
Cléber, Osmar, Carlinhos Paulista, Valença e Peris, Neto, Andrade, Leonardo (Júnior Maranhão) e Rosembrik (Lecheva), Carlinhos Bala e Paulinho (Roberval).
Técnico: Givanildo Oliveira.

Santo André/SP
Júlio César, Max Sandro, Ronaldo e Dedimar, Da Guia, Ramalho, Marquinhos (Marco Antônio), Rafa e Alexandre (André Luiz), Rodrigão e Macanaki (Sandro Gaúcho).
Técnico: Sérgio Soares.

Local: Arruda.  
Árbitro: Wágner Rosa (RJ). 
Assistentes: José Paranhos (RJ) e Marcos Nunes (RJ).  
Gols: Carlinhos Bala, aos 23 minutos, do 1º tempo. Paulinho, aos 35 segundos, e Rosembrik, aos 32 minutos, do 2º.  
Cartões amarelos: Valença (3º) (SC), Júlio César, Max Sandro, Ramalho e Marquinhos (SA). 
Renda: R$ 252.912,00. Público: 40.169.
Lembranças do jogo:

0 comentários :