25/08/1996 - Náutico 0x2 Santa Cruz - Campeonato Brasileiro 2ª Divisão

Jogo de estréia no Campeonato Brasileiro da Série B de 1996.


Atacante Maurício Pantera, um dos maiores artilheiros do Santa Cruz na década de 90.

Gols de Wagner e Mauricio Pantera
Narração: Luis Muniz



Nome: Maurício Leandrino da Silva
Apelido: Maurício Pantera
Posição: Atacante
Nascimento: 03/06/1975
Naturalidade: Recife-PE


1996 - Maurício Pantera - O último grande atacante revelado pelo Santa Cruz.


O jogador iniciou a carreira na equipe de juniores do Santa Cruz, disputou com grande destaque a Copa São Paulo de 1996, onde marcou dois gols, sendo um quase do meio campo e outro de bicicleta.

Sobre a origem do apelido, o atacante conta que surgiu antes da disputa de um jogo, no vestiário, onde o lateral Paulo Ricardo (Santa Cruz) brincou ao ver dois "maurícios" no mesmo time e, achou por bem, identificar um deles com um apelido. "Eram dois com o mesmo nome. Um branco e um preto. Aí acabou sobrando para mim o apelido de "Pantera".

Resumo dos clubes que já defendeu: Santa Cruz, Compostela/Espanha, Grêmio/RS, Sport Recife, ABC/RN, All-Jazira-ASD, Ferroviário/CE, River/PI, Parnahyba-PI, Icasa/CE, Ferroviário/CE, Baraúnas/RN e Alecrim.


1996 - Santa Cruz/PE - Vice-campeão Pernambucano e artilheiro do Campeonato Brasileiro da série B com 13 gols;
1996 - Compostela/Espanha - Vendido por US$: 1.2 milhão. Na época, a equipe disputava a primeira divisãoEspanhola;
1997 - Grêmio/RS - Contratado por empréstimo;
1997 - Sport Recife - (Envolvido em uma troca entre o Sport e Grêmio. Dário (Sport) foi para o Grêmio e Pantera veio para o Sport) Com um salário de R$: 18 mil. Disputou o campeonato Brasileiro da primeira divisão mas não teve uma boa atuação devido a um problema no Púbis;
1998 - Sport Recife - Disputou a Copa Nordeste e foi campeão Pernambucano marcando 10 gols;
1999 a 2001 - Compostela/Espanha;
2004 - Ferroviário/CE - Disputou o campeonato Cearense e foi o artilheiro com 12 gols;

2005 - Parnahyba/PI - Campeão Piauiense;
2005 (Agosto) - ICASA/CE - Disputou o campeonato Brasileiro da série C;
2006 (Maio) - River/PI - Campeão Piauiense;
2006 - Baraúnas/RN - Campeão Potiguar - Marcou 8 gols, três a menos que o artilheiro da competição Luciano Paraíba, companheiro de equipe;
2007 - Potiguar (Parnamirim)/RN - Marcou 6 gols no campeonato Potiguar;
2008 - Sampaio Corrêa/MA - Disputou parte do campeonato maranhense, mas foi dispensado em julho;
2008 - River/PI - Disputou o campeonato Piauiense;
2008 (Julho) - Barras/PI - Contratado novamente pela equipe;
2009 - Alecrim/RN - Vice-artilheiro do Campeonato Potiguar com 10 gols. Pelo campeonato Brasileiro da série D, marcou 4 gols.



Setembro/2009 - O atacante Maurício Pantera (E), ídolo da equipe do Alecrim de Natal, comemorando a 4ª colocação no Campeonato Brasileiro da série D e o consequente acesso à série C em 2010.



Em 2006, Mauricio Pantera com a camisa do River do Piauí. No mesmo ano, ajudou à equipe do Baraúnas/RN a conquistar o inédito título estadual e foi o vice-artilheiro da competição.



1996 - Dos Juniores à equipe profissional do Santa Cruz

Um comentário:

Anônimo disse...

eu nunca vi narração tão ridicula quanto essa,campanha de cimento, tecido, na hora do gol?????