Jogo válido pela 5ª rodada (penúltima) da fase final do Campeonato Brasileiro da série B de 1999. O primeiro gol foi marcado pelo zagueiro Janduir, mas o árbitro atribuiu o gol ao atacante Cláudio Millar. O zagueiro Lima, do Bahia, empatou a partida e o atacante Valdomiro fechou o placar em 2x1 para o tricolor do Arruda.

Atacante Valdomiro

Gol de Cláudio Millar - Narração: Adílson Couto - Rádio Jornal AM

Gol de Valdomiro - Narração: Adílson Couto - Rádio Jornal AM

Os gols da partida
 Vídeo original do blog do Elias Jr.

Jornal do Commercio - 10/12/1999
Santa Cruz 2x1. Adeus, Bahia
por WLADMIR PAULINO

A noite festiva desenhou-se desde o início da tarde, quando os tricolores começaram a se aglomerar nas imediações do Estádio José do Rego Maciel. Afinal, o Santa já havia perdido duas vezes para o Bahia este ano (2x0 e 1x0) e tinha a grande oportunidade de vingança. E que vingança.

E ela veio, não como um prato frio, como reza o dito popular e sim fervendo no caldeirão do Arruda. Logo aos 44 segundos de jogo, Milar já dava a primeira estocada, abafada pela defesa baiana. A partir do sétimo minuto, o jogo esquentou de vez. A primeira chance foi do Tricolor de Aço. Numa cobrança de escanteio da direita, Uéslei cabeceia para dentro, mas Arley estava na linha para salvar a pátria coral.

Aos oito foi a vez de Valdomiro e Milar responderem pelos pernambucanos. O atacante desceu pela linha de fundo e mandou para o centro da pequena área. O uruguaio veio e bateu fraquinho, em cima do goleiro Alex Guimarães. Sessenta segundos depois, o gol. Marcelinho lançou Janduir na direita. A defesa do Bahia pediu impedimento inexistente e o zagueiro mandou para as redes. Pouco antes da bola atravessar a linha fatal, Milar deu o tiro de misericórdia.

Foi o bastante para o Bahia acordar e procurar o empate. E ele veio aos 30 minutos. Dauri rolou para Lima na entrada da área. A velha bomba do volante, já conhecida dos pernambucanos, fez efeito e igualou o marcador. Mas os corais refizeram-se do susto rápido. Seis minutos depois, Márcio Allan sofreu falta. Quando todos pensaram que Tinho iria bater, eis que surge Valdomiro para mandar uma bomba em forma de `peru' que o goleiro baiano engoliu.

Na etapa final, tudo ou nada para o time da Boa Terra. Ataque, ataque e ataque pelo lado baiano e defesa e contra-ataque por parte dos pernambucanos. Mas, no final, a multidão já rugia em únissono palavras nada pouco lisonjeiras ao oponente. E o grito irrompeu madrugada afora.
Lembranças do jogo:

1 comentários :

JP. disse...

Esse time sim, era de dar Orgulho. esse e o de 2005. Agora com esse elenco de 2011 começamos muito bem, mas agora o time começa a decair, o que me assusta e me dar medo. de ter que enfrentar mais um ano na série D =(

isso SE conseguir ir. pq o porto e o central estão aí na briga...


Parabéns pelo Blog. estou Seguindo e se quiser da uma passada no meu depois ;)

http://simplesmentejp.blogspot.com