Em Pleno Carnaval o Santa viaja ao Exterior

Depois do período de férias, o mês de fevereiro marcou o reinício das atividades futebolísticas com a promoção de um Torneio Quadrangular disputado entre o Santa Cruz, Seleção da Tchecoslováquia, Náutico e o Botafogo da Paraíba. O primeiro título do ano era ganho pelos tricolores e Evaristo de Macedo, após duas sensacionais vitórias: 4x0 sobre os checos e 1x0 no Botafogo/PB. Depois os tricolores excursionaram pelo Ceará, onde obtiveram dois empates.

Em plena segunda-feira de carnaval, enquanto a folia tomava conta da cidade, o Santa Cruz deixava o Brasil para uma excursão de 40 dias pela Arábia e Europa.


Escalação do Santa Cruz em jogo no Oriente Médio
Em pé: Carlos Alberto Barbosa, Givanildo Oliveira, Alfredo Santos, Lula, Paranhos e Joel Mendes.
Agachados: Jadir, Betinho, Neinha, Carlos Roberto e Zé Roberto.



 
O Santa Cruz, de Givanildo Oliveira, brilhou no exterior, consagrando-se o novo Fita Azul do futebol brasileiro.


O Sucesso da excursão do Santa Cruz

Os tricolores voltaram invictos das 12 partidas disputadas no Oriente Médio e Europa, com sensacionais resultados: 5x1 na seleção do Kwait, 1x1 na revanche; 3x0 na seleção do Bahreim, Oriente Médio; 4x0 na seleção de Katar; 4x1 na seleção principal de Doha; 4x1 na seleção de Dubai; 3x0 na seleção dos Emirados Árabes; 3x0 na seleção de Al Halin; 6x2 no Nasser; 3x0 El Helal (Seleção comandada na época por Zagalo) e 4x2 na seleção da Romênia.


O atacante Betinho, em um dos jogos no Oriente Médio


 
Os atletas que participaram da excursão.


O título pernambucano outra vez no Arruda

Setembro foi o mês das definições no campeonato regional. O título pernambucano, que parecia fácil para o Santa Cruz, terminou saindo com suspense e dificuldade, pois quase o Náutico engrossava na reta de chegada. Adiou a primeira decisão, quando os tricolores jogavam pelo empate e venceu por 1x0, gol de Valtinho, provocando uma partida extra, ganha, de novo, pelos alvirrubros, por 2x0, gols de Valtinho. Mas ainda havia necessidade de outra extra, com os corais jogando pela vitória nos 120 minutos da partida. E não deu outra: Santa Cruz 3x1, com grandioso carnaval pela conquista do título.


A torcida tricolor comemorando a grande fase em 1979.

Em pé: Joel Mendes, Carlos Alberto Barbosa, Paranhos, Givanildo Oliveira, Alfredo Santos e Pedrinho.
Agachados: Hamilton Rocha, Betinho, Jadir, Ademar e Joãozinho.


Tricolores ganham o bicampeonato Juvenil

Ganhando o segundo turno do campeonato de futebol, depois de haver conquistado o primeiro, o Santa Cruz já demonstrava, no início de agosto, ser o virtualcandidato ao título, pois sua campanha era bem tranquila, com nível de produção bem superior ao dos seus mais  tradicionais adversários.


Pernambuco não vai às finais do Brasileirão

A CBD organizou o campeonato nacional com 78 clubes, representando Pernambuco, Santa Cruz, Sport, Náutico e Central de Caruaru.
O início do campeonato não foi nada animador: Internacional 2x1 Santa Cruz, jogando no Arruda. A classificação para a segunda fase foi conquistada com muita dificuldade, com diferença de poucos pontos em relação aos adversários.
Na segunda fase os tricolores precisavam vencer o Flamengo, no Arruda, mas não passou de um empate sem abertura de contagem. Terminando o tricolor na 34ª colocação da competição.


Fontes:
Diário de Pernambuco
memoriasdosantacruz.blogspot.com
Lembranças do jogo:

1 comentários :

memórias do santa cruz disse...

Parabéns, Germano. Devemos sempre relembrar grandes momentos do nosso Santinha. Gostaria de conhecer vc pessoalmente, pois tenho muito material e estou pensando no nosso centenário. Saudações Corais !!!!!