30/07/1995 - Santa Cruz 2x0 Náutico

Este foi o 2º jogo da final do estadual de 1995. O Santa Cruz jogava pelo empate por ter vencido o 1º jogo nos aflitos por 1x0 (gol de André Jacaré), mas foi pra cima do Náutico e venceu por 2x0, gols do Zagueiro Amarildo e do meia Da Silva.



O meia Zé do Carmo e o Zagueiro Amarildo comemorando o primeiro gol da decisão.


Ficha do Jogo:

Santa Cruz:
Marco Aurélio; Paulo Ricardo, Missinho, Amarildo e Quinho; Zé do Carmo, Da Silva e Luis Carlos (Célio); Biliu, André Jacaré (Marcelinho) e Serginho (Eri).
Técnico: Fito Neves

Náutico:
Ferreira; Pedro Aruba, Paulo Roberto, Lúcio Surubim e Serginho; Zelito, Fernando (Lopeu), Niquinha e Paulo Leme; Lau (Lúcio Wagner) e Naílson (Mael).
Técnico: Mauro Fernandes


Local: Estádio do Arruda
Árbitro: Wilson Souza
Auxiliares: Marcelino Tavares e Kilber Alves
Renda: R$ 277.955,00
Público: 45.385 pagantes
Gols: Amarildo aos 26 e Da Silva aos 35 minutos do primeiro tempo.
Cartões Amarelos: Pedro Aruba, Paulo Roberto, Seginho e Lau (Náutico); Quinho e Da Silva (Santa).
Cartão Vermelho: Paulo Leme (Náutico)



Os torcedores do Santa Cruz ergueram a taça primeiro que os jogadores


Áudio: Narração Adílson Couto / Rádio Jornal:


1º gol - Amarildo o "Calibre 12" do Arruda




2º gol - Da Silva



Vídeos:


 Parte 01
(Movimentação da torcida antes do jogo e entrada dos times)



Parte 02
(Melhores momentos da partida)


Parte 03
(Final do jogo e a comemoração da torcida)



Os Campeões:

Técnico: Fito Neves  - Presidente: Luis Arnaldo

Goleiros:

Marco Aurélio - Edgley e Brigatti

Zagueiros:

Amarildo - Missinho - Júnior Cordel e Eri

Laterais:


Quinho (esquerda) e Paulo Ricardo (direita)


Meias:


Luis Carlos - Zé do Carmo - Da Silva - Paulinho


Hércules (Biliu)

Atacantes:

 André Jacaré - Serginho - Éverton e Hugo Henrique


Celinho - Marcelinho - Célio


Mais Campeões:

Jogadores: Edinho, Marcílio, Alexandre, Fabinho, Nando, Júnior Limoeiro, Júnior Caruaru e Gui.
Departamento de Futebol: Marcos Soares (Supervisor), Celso Diniz, Tarcísio Porto Carreiro, Fernando Galvão e Eudes Pedro (Preparadores físicos), Pedro Nepomuceno, o Pedrinho (Auxiliar técnico), Gílson Resende, Ivo Melo e Paulo Resende (Médicos), Cláudio Barbosa (Fisioterapeuta), Zezinho e Luís (Roupeiros), Berto (Massagista), Peninha (Enfermeiro/Massagista), Maria de Lourdes Galvão (Gerente administrativo de futebol), Nagel (Preparador de goleiros).
Diretoria de Futebol: Dirceu Menelau, Rodolfo Aguiar, Gildo Vilaça, Marconi Filizola e José Nivaldo de Castro.




Poster do Campeão
Lembranças do jogo:

2 comentários :

tiagombp disse...

Que pérola esse seu blog! É muito bom reviver esses momentos, ainda mais com vídeo!

Era um timaço, poderíamos ter massacrado a Barbie nessa final, mas o time resolveu pegar leve. Ainda assim, André Jacaré perdeu gols incríveis.

Lembro de um senhor ao me lado que começou a passar mal e foi socorrido logo depois do golaço de Amarildo.

Parabéns pelo Blog!

Ricardo Alves disse...

Cara eu estava nesse jogo fiquei nas sócias porque não tinha mas vaga para a geral foi muito emocionante timaço