"João Carlos merece um troféu. O goleiro do Santa Cruz foi o maior responsável pela vitória da equipe tricolor sobre o Botafogo por 2x1, ontem, no Caio Martins. Foi a primeira vez que o time coral ganhou uma partida fora de casa pela Copa JH." 
Jornal do Commércio


 Santa Cruz vence o Botafogo no Caio Martins



Assista aos gols e confusão após o jogo


"O Santa entrou audacioso e, logo aos cinco minutos, surpreendeu a torcida do Fogão. Róbson sofreu uma falta na entrada da área e Valdomiro bateu com categoria, para colocar o time pernambucano na frente, no marcador."

.


Gol de Valdomiro
Narração: Adilson Couto - Rádio Jornal AM de Recife
Repórter de Campo: Pedro Silva

"Aos 22 minutos, o Tricolor teve a chance de ampliar a vantagem. Num contra-ataque, Róbson tabelou com Valdomiro, que acabou ficando na cara do gol e acertando uma bomba na trave. Na etapa complementar, mais sufoco. Depois de um começo equilibrado, Valnei fez pênalti em Donizete aos 16 minutos. Rodrigo bateu e, mais uma vez, brilhou a estrela do goleiro de Caraúbas. João Carlos defendeu e mostrou que era realmente o dono do Caio Martins. Aos 36, porém, o ‘paredão’ foi vencido. O zagueiro pernambucano Sandro, que atua no Botafogo, bateu uma falta com força e empatou a partida." 

"Aos 39 minutos, brilhou a estrela de outro paraibano do Interior. Robgol, de Barra de São Miguel, roubou a bola da defesa alvinegra, driblou o goleiro Wagner e pôs o Tricolor novamente na frente."




Gol de Róbson
Narração: Adilson Couto - Rádio Jornal AM de Recife
Repórter de Campo: Pedro Silva

Curiosidade:
Após a reapresentação do time no Arruda, um dos assuntos mais comentado entre os jogadores foi a falta de humildade do elenco botafoguense. É que, antes do jogo, alguns atletas cariocas humilharam os pernambucanos num programa esportivo de televisão, veiculado nacionalmente. 
“Alexandre Gaúcho disse que o locutor teria que chamar Luciano Pavarotti para narrar os gols que eles iam fazer”, disse o goleiro João Carlos, que se reapresentava com os outros atletas. 
A resposta pelas brincadeiras de mau gosto dos sulistas foi dada após o jogo, através do zagueiro Valnei. Em entrevista para uma rádio de grande audiência no Rio, o jogador fulminou: “Eles vieram com Pavarotti e a gente com Reginaldo Rossi e três bandas de forró.”

Matéria completa do Jornal do Commércio:

João Carlos, Valdomiro e Róbson dão a primeira vitória fora de casa ao Santa

João Carlos merece um troféu. O goleiro do Santa Cruz foi o maior responsável pela vitória da equipe tricolor sobre o Botafogo por 2x1, ontem, no Caio Martins. Foi a primeira (e última) vez que o time coral ganhou uma partida fora de casa pela Copa JH. Uma curiosidade: todas as três partidas vencidas pelo Santa na competição nacional acabaram em 2x1.

No início do jogo, nem parecia que o Botafogo era quem estava em casa. O Santa entrou audacioso e, logo aos cinco minutos, surpreendeu a torcida do Fogão. Róbson sofreu uma falta na entrada da área e Valdomiro bateu com categoria, para colocar o time pernambucano na frente, no marcador.

Foi quando começou o ‘massacre’ alvinegro. Em desvantagem e precisando da vitória para continuar na Copa JH, o time carioca pressionou, mas esbarrou numa bela noite de João Carlos. O goleiro paraibano defendia tudo: uma bicicleta de Zé Carlos, cabeçadas de Donizete ou Rodrigo, tudo.

Aos 22 minutos, o Tricolor teve a chance de ampliar a vantagem. Num contra-ataque, Róbson tabelou com Valdomiro, que acabou ficando na cara do gol e acertando uma bomba na trave.

O Botafogo voltou à carga e, novamente, foi João Carlos quem segurou o resultado até o final do primeiro tempo.

Na etapa complementar, mais sufoco. Depois de um começo equilibrado, Valnei fez pênalti em Donizete aos 16 minutos. Rodrigo bateu e, mais uma vez, brilhou a estrela do goleiro de Caraúbas. João Carlos defendeu e mostrou que era realmente o dono do Caio Martins.

Aos 36, porém, o ‘paredão’ foi vencido. O zagueiro pernambucano Sandro, que atua no Botafogo, bateu uma falta com força e empatou a partida.

Não demorou para o Santa reagir. Três minutos depois, brilhou a estrela de outro paraibano do Interior. Robgol, de Barra de São Miguel, roubou a bola da defesa alvinegra, driblou o goleiro Wagner e pôs o Tricolor novamente na frente.

Até o final da partida, o time carioca ainda teve duas oportunidades de gol, negadas por João Carlos. Michel, que entrou no Santa no finalzinho, também perdeu uma chance de ampliar o marcador.

Mesmo com os cinco minutos de acréscimo dados pelo árbitro Leonardo Gaciba, não deu para os cariocas voltarem a empatar. Três pontos para os comandados por Nereu.
Lembranças do jogo:

0 comentários :